Caríssimos companheiros da “AHO”:

Lá se foi o inesquecível e fatídico, mas também excepcional ano de 2020!

Inesquecível e fatídico, sim, “ao pé da letra”, pois ficará para sempre em nossa memória o surgimento do desconhecido coronavírus, espalhando a pandemia “Covid-19” por todo o planeta e especialmente em nosso país, ceifando vidas humanas (algumas bem próximas), deixando cicatrizes e sequelas; superlotando hospitais e exigindo o máximo das autoridades sanitárias e agentes de saúde pública; obrigando os governos e administrações públicas e particulares a baixarem medidas tendentes ao distanciamento/isolamento entre pessoas, ao uso de máscaras e álcool em gel, à restrição dos serviços e atividades profissionais (com manutenção apenas daquelas essenciais), à proibição de frequência em áreas e lugares passíveis de aglomerações públicas; e consequentemente gerando drástica diminuição no ritmo da economia, com aumento do já elevadíssimo índice de desemprego, com fechamento e/ou paralisação de muitos locais de trabalho, tudo com suas naturais e graves consequências!…

Mas não se há negar que, exatamente em razão das inesperadas e seriíssimas novas condições de vida estabelecidas, e que aos poucos foram e estão sendo integradas à vida humana, as pessoas/agrupamentos/entidades públicas e particulares foram aos poucos tomando “pé na situação” e reagindo, oferecendo enérgica resistência; hospitais e instituições médicas têm se desdobrado heroicamente, salvando e recuperando no limite muitas vidas; recursos emergenciais foram destinados às camadas populacionais mais necessitadas (com reflexos salutares na economia)!

Mas, para se contrapor às adversidades, especificamente na área privada, é que as relações humanas tiveram um excepcional avanço! Refletindo uma tendência mundial, gerada pela moderna tecnologia de computação e informática, em nosso país começaram a surgir e se estabelecer sistemas e técnicas revolucionárias de trabalho e de atividades profissionais, até com aumento de qualidade e produtividade, tanto na fabricação de produtos quanto, e até mais ainda, especialmente na prestação de serviços!

E, dentre os prestadores de serviços, destaque com mérito total aos Advogados!!! Pois souberam compreender muito bem a situação e se adaptar rápida e eficazmente à nova realidade, especialmente aqueles mais jovens e mais afeitos aos sistemas digitais e eletrônicos. Métodos e novidades foram surgindo e logo incorporados, como “ferramentas” (somos daqueles mais antigos, quando se dizia “instrumentos” de trabalho…).

O mais emblemático tem sido o “home office”, que permite ao advogado trabalhar em sua própria residência, em grande parte do seu tempo, elaborando peças e petições, comunicando-se e interagindo com colegas e demais operadores/agentes/órgãos jurídicos, enfim agindo como se estivesse no seu tradicional escritório profissional (aliás, continua com este, apenas passa a utilizá-lo menos, quando necessário).

De sua casa (ou do seu escritório) o advogado pode participar de reuniões “telepresenciais”, com colegas e clientes, e efetuar audiências, sustentações orais, etc. Se quiser, pode aprimorar seus conhecimentos e contatos, utilizando-se do denominado “webinar” e participando de um seminário online com tema especializado, gravado ou ao vivo, com interação entre apresentadores e convidados/participantes. Pode ainda, com menor interatividade mas com maior audiência e variedade de eventos, participar de “lives”.

Agora, na transição anual, a nossa “AHO” pode afirmar, com justo orgulho, que cumpriu à risca as determinações de ordem sanitária e jurídica impostas pelas autoridades competentes. Mais ainda, e principalmente, podemos proclamar –– alto e bom som –– que, apesar de todas as adversidades enfrentadas, conseguimos nos superar e apresentar, no passado ano de 2020, resultados judiciais e andamentos processuais até superiores aos dos anos anteriores!

Por oportuno e relevante, de se acrescer o aumento do nosso leque de atividades e serviços, com o incremento das áreas ligadas à “LGPD e Direito Digital”, “Recuperação Judicial e Falência” e “Compliance”.

E ainda, a fechar o ano com “chave de ouro”, a implementação do moderno “Código de Ética e Conduta”, perfeitamente adaptado às modernas necessidades e exigências, tanto de caráter jurídico quanto empresarial!

Tudo graças à capacidade organizacional e audácia de nossos líderes dirigentes, em aliança com a competência profissional e com os dedicados esforços de nosso excelente corpo de advogados, colaboradores e funcionários! Não se olvidando, também, a contribuição de nossos fornecedores e, especialmente, a compreensão e confiança de nossos Clientes, alvo sempre presente da atenção da “AHO”!

Novo Ano, cá estamos! Mais firmes e mais fortes!

Comprometidos com nossa Missão e nossos Valores!

Pela Lei, pelo Direito e pela Justiça! Pela Advocacia!

–– Adeus, 2020!

–– Bem-vindo, 2021!

“A força não provém da capacidade física. Provém de uma vontade indomável!”

–– Mahatma Gandhi ––

Hamilton de Oliveira –– Sócio Fundador da “ADVOCACIA HAMILTON DE OLIVEIRA – AHO”

Reinaldo Federici –– Sócio da “ADVOCACIA HAMILTON DE OLIVEIRA – AHO”

EnglishPortuguese